Burgh Island at dawn in springtime

Refúgio Literário

Conteudo Isobar

Conheça o luxuoso hotel na Inglaterra que inspirou best-seller de Agatha Christie.

Embora Londres seja a cidade mais procurada no Reino Unido, o país reserva ótimos refúgios menos conhecidos. Localizada no sul do condado de Devon, a pequena ilha de Burgh tem praias vazias, paisagens belíssimas e poucas construções. Entre elas, o Burgh Island Hotel.

Construído em 1929, em art decó, tornou-se sinônimo de glamour e atraía muitos hóspedes abastados. Uma das mais famosas (e fiéis), a escritora Agatha Christie costumava passar grandes temporadas ao lado de sua máquina de escrever. Foi lá que se inspirou para criar um de seus maiores best-sellers, O caso dos dez negrinhos.

A história do livro também se passa na ilha de Burgh. Porém, como toda obra de Agatha Christie, o local foi palco de uma série de misteriosos assassinatos – o que a fez parecer um tanto inóspita. Fora da ficção, contudo, o lugar é encantador.

O Burgh Island Hotel inspira a leitura e a escrita. Há uma biblioteca repleta de edições raras e, apesar do luxo, não há televisão nos quartos – todos com decoração diferente uma da outra. Ali também é possível aproveitar o restaurante com gastronomia de alto padrão e jantares de gala. Salas de jogos, sauna e massagens relaxantes garantem o entretenimento dos visitantes.

No verão, além de relaxar nas praias tranquilas, é possível fazer passeios de barco e fechar o dia com a maravilhosa vista do oceano ao pôr do sol. A ilha fica a apenas 250 metros da pequena vila costeira de Bigbury-on-Sea; e, em dias de maré baixa, é possível chegar a pé. Quando ela sobe, um trator marítimo do hotel transporta os hóspedes.

Para saber mais ou reservar um quarto para as próximas férias, acesse o site.

Produtos Estilo Para Você

Mais Matérias