OPÇÃO-ABRE-1

Mapa do cinema

Conteudo Isobar

Um passeio pelas cidades-sede dos mais prestigiados festivais de cinema.

Jet-set, tapetes vermelhos, vestidos elegantes e todos os fãs da sétima arte. Flashes por todos os cantos. Os melhores eventos culturais rolando em qualquer lugar. Esses são alguns dos elementos que nunca faltam quando falamos sobre renomados festivais de cinema.

O Festival de Berlim, o Festival Sudance de Cinema, o Festival Internacional de Cinema de Toronto e o Festival de Cannes são talvez as premiações de maior prestígio internacional. Todos eles provocam, em diferentes épocas do ano, uma invasão de estrelas e turistas em suas respectivas cidades-sede.

Inspirada na potência turística de cada local, a Revista Estilo BB preparou um breve roteiro para você desfrutar do melhor que cada um deles oferece, com ou sem festival. Confira:

Berlim cosmopolita

Prédios e monumentos antigos que contam a história da cidade dividem espaço com construções moderníssimas. Parques, praças e mais de 150 museus fazem de Berlim, na Alemanha (que entre 6 e 16 de fevereiro desse ano sediou o Festival de Berlim), um destino interessante para os que procuram passeios diversificados e cultura a céu aberto.

Uma opção de hospedagem descontraída é o Hotel Q!, que apresenta design moderno e decoração cheia de personalidade. Se a busca for por requinte, não hesite em escolher o Schlosshotel im Grunewald, destino certo das celebridades, que traz um ambiente decorado por Karl Lagerfeld.

Não deixe de ir às cervejarias – a Café am Neuen See é uma das mais famosas e fica à margem de um pequeno lago do parque Tiergarten; e  experimente o melhor da culinária local no Grossbeerenkeller (U1, U7 Möckernbrücke). O Anna Blume, que mistura um café a uma floricultura, é parada obrigatória para os loucos por doces.

Utah: rota radical

Todos os meses de janeiro, a cidade montanhosa de Park City, em Utah, nos EUA, é invadida por celebridades, durante o Festival de Cinema de Sundance – que em 2015, acontece entre os dias 22 de janeiro e 1 de fevereiro. Falar da região é falar de neve (durante o inverno, claro): se planeja ir ao local e não tem intimidade com os esportes gelados, certamente passará a ter.

Hospedar-se no resort Park City Mountain é garantia de trazer aventura à viagem. O local conta com ampla estrutura para praticar snowboard, esqui e outras práticas. Bons restaurantes não faltam na Main St. – rua que também conta com empórios e boutiques de luxo. Um deles é o Talisker, que serve delícias como frango orgânico com buttermilk e torta de batata com carne.

A superpotente Toronto

Bem-vindo à maior cidade do Canadá, que sedia o Festival Internacional de Cinema de Toronto (previsto para acontecer entre os dias 4 e 14 de setembro desse ano). Palco de mais de mil festivais culturais todos os anos, ela está a menos de duas horas de carro das Cataratas do Niágara, que são uma ótima alternativa de passeio.

Para os que gostam de museus, uma sugestão é o Royal Ontario Museum, com exposições sobre arte e arqueologia. Se o objetivo for fazer compras, vale conhecer o Eaton Centre, que reúne mais de 230 lojas. No verão, uma dica imperdível é visitar as praias (de lago) das Toronto Islands, pequenas ilhas que ficam há 15 minutos do centro da cidade (via balsa).

Os quartos claros e confortáveis do Madison Manor Boutique Hotel, próximo ao metrô Spadina, podem agradar pelo conforto. Por outro lado, se a prioridade for conforto e sofisticação, vale optar pelo Le Royal Meridien King Edward Hotel, que já foi o preferido de estrelas como Liz Taylor e Richard Burton.

Cannes, a Hollywood da Riviera Francesa

Iates enchem as águas azuis do Mediterrâneo e formam uma das paisagens mais icônicas da cidade localizada ao sul da França, na Costa Azul – ou Côte d’Azur. Famosa pelos jatinhos, cassinos, champanhe e hotéis de luxo, é no verão que ela atinge o ápice da badalação dos milionários.

Nos meses de maio, o local entra em ebulição. Na ocasião, todos os astros de cinema do planeta aterrissam no balneário, para o Festival de Cannes que, nesse ano, acontece entre 14 e 25 de maio. Não é qualquer um que tem acesso às salas de cinema (são 350 no total), exclusivas para convidados e vips.

Em La Croisette, pipocam hotéis cinco estrelas e praias particulares, que tudo acontece. Um dos clássicos da hospedagem local é o Martinez, um cinco-estrelas de 400 quartos. Outra opção é o moderno JW Marriott. É no terraço do Martinez que fica o concorrido La Palme D’Or, um dos restaurantes preferidos dos executivos do cinema, que serve, além de lagostas em abundância, pratos como atum com anchovas frescas marinadas.

A foto de abertura da matéria mostra a entrada do Festival de Berlim. Crédito: © Berlinale 

Produtos Estilo Para Você

Mais Matérias