Pacific Coast Highway, Califórnia

Highway dos sonhos

Conteudo Isobar

Road trip entre San Francisco e Los Angeles é pela Rota 01

Para a maioria dos fãs de automóveis, as highways (rodovias, em português) norte-americanas são consideradas terrenos ideais para se alcançar bom desempenho na direção das máquinas. Nos Estados Unidos, a malha rodoviária é extremamente bem cuidada e preservada.

Isso à parte, o visual dos cenários por onde passam as rodovias reserva rica e vibrante natureza, um estímulo à sensação de leveza e liberdade. Conversíveis costumam, não à toa, ser bastante visados para o road trip, o famoso “cair na estrada”.

Na dourada Califórnia, o trecho entre as ensolaradas San Francisco e Los Angeles pode ser feito sem pressa, com algumas paradas rápidas e obrigatórias ao longo do litoral californiano. A Pacific Coast Highway, ou Rota 01, estende-se por quase 656 milhas, cerca de 1.056 km, do condado de Mendocino, a norte, ao de Orange, a sul. O passeio é abastecido de atrações, além de paisagens ora praianas, ora pedregosas.

A viagem até Los Angeles deve ser desfrutada entre amigos, por casais ou até mesmo em família. É o que garante o arquiteto Guilherme Arruda, de 31 anos. Acompanhado da esposa, ele desembarcou em San Francisco, onde alugou um carro. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) permite a brasileiros conduzirem veículos, nos Estados Unidos, pelo período de até 90 dias.

Ponto de partida, San Francisco é cultural, moderna e cosmopolita. Trata-se de uma das 20 cidades mais ricas do mundo. Centro financeiro e bancário respeitável.

A famosa ponte Golden Gate, o cartão postal, leva a Sausalito, região metropolitana. Na ilha de Alcatraz, o histórico complexo penitenciário data da década de 1930, embora haja sido base militar a partir de 1850. O bairro de Chinatown, por sua vez, é o maior fora do continente asiático.

PÉ NA ESTRADA

A primeira parada, Santa Cruz, requer nervos sob controle. Construída no Santa Cruz Beach Boardwalk, parque de diversões à beira mar, a Giant Dipper é das mais populares montanhas-russas de madeira em todo o mundo. Em 1908, quando foi inaugurada, era a maior dos EUA.

Mais adiante, a cidade de Monterey é sede do Bay Aquarium. Ele está entre os mais robustos aquários de água salgada conhecidos. A construção foi concluída em 1984, em local que servia de fábrica de sardinhas.

O Bay Aquarium contabiliza 35 mil animais e plantas de mais de 600 espécies. São leões-marinhos, águas-vivas, tubarões, garoupas, lontras, corais, entre outros.

Bem próxima a Monterey, encontra-se a pequena mas próspera Carmel-by-the-sea. “Casas enormes, aristocracia maluca, ótimos restaurantes”, define Guilherme. A parte gastronômica, por sinal, prevaleceu. No cardápio: ravioli de lagosta. O Flaherty’s Seafood Grill & Oyster Bar segue sob coordenação do renomado chef Francisco Cocova, que há mais de três décadas emplaca grandes pratos.

Curiosamente, a cidade de Carmel já teve como prefeito Clint Eastwood (1986-1988), conhecido ator e diretor de cinema. A bela praia local garante vista privilegiada do golfo de Pebble Beach, pequena comunidade costeira.

A região do Big Sur, parte central da Califórnia, é onde as Montanhas Santa Lucia erguem-se abruptamente acima do Oceano Pacífico. São 140 km de linha costeira alta, entre o rio Carmel e o riacho San Carpóforo. Os poucos moradores do Big Sur são descentes diretos de famílias locais, artistas e escritores.

O trajeto a Santa Barbara apresenta paisagem rochosa, algumas vezes de tirar o fôlego. Penhascos compõem magistral obra da natureza. A Pacific Coast Highway passa muito perto deles, momento ideal para ser registrado em câmera. Na avaliação de alguns, a adrenalina por conta da altura apenas incrementa a aventura.

A próxima e última parada é Los Angeles. Inevitavelmente, o primeiro desejo é visitar o distrito de Hollywood, a capital mundial do entretenimento. A lucrativa atividade levou artistas e celebridades a residirem na metrópole, cuja produção de filmes, músicas, conteúdos para televisão e videogames é inesgotável.

Los Angeles mantém a maior população de latinos do país. Não há, em nenhum outro condado norte-americano, quantidade maior de cidadãos cujas origem são nações como o México, a Guatemala e El Salvador. Pesquisas recentes revelam, contudo, que a comunidade asiática tem-se ampliado mais significativamente na Califórnia e em todo o país.

Na hospedagem, a segunda maior cidade dos Estados Unidos não deixa a desejar. Reservas em resorts e hotéis podem ser fechadas pela internet. É o caso do Ritz-Carlton Los Angeles. Com acomodações luxuosas e vistas panorâmicas dramáticas, o hotel de butique está situado bem no centro da cidade. Ele proporciona acesso a spas, esportes, entretenimento e alta gastronomia.

A cidade costeira de Santa Monica fica no condado de Los Angeles. Banhada pelo Oceano Pacífico e com clima agradável, a localidade se orgulha de sua turística baía. Para quem aprecia hospedar-se bem perto da praia, o hotel Casa Del Mar é ideal pedida. O serviço da marca é considerado de excepcional nível, uma verdadeiramente tranquila e relaxante estadia. Não esqueça o protetor solar.

Mais Matérias