Turista descansa sobre fiorde perto de Gudvangen (Adam Major)

De fiorde em fiorde

Conteudo Isobar

Na Noruega, natureza atinge nível inacreditável de beleza

Os primeiros turistas a adentrarem os fiordes da Noruega eram alemães, ainda no século 19. O roteiro pelo mar acabou por se tornar um dos passeios mais procurados da Europa. De maio a setembro, é bastante comum notar elegantes navios de cruzeiro ancorados nos principais fiordes do país nórdico.

Mas o que são mesmo fiordes? São vales de formação glacial muito estreitos, muito longos e muito profundos. Algo pelo qual os olhos de qualquer pessoa não passariam indiferentes. Além da Noruega, eles são vistos também na vizinha e gelada Groenlândia, na distante Nova Zelândia e até mesmo no Chile.

Dois dos fiordes noruegueses receberam da Unesco o status de Patrimônio da Humanidade, tamanhas relevância geográfica e exuberância natural. O Sognefjord é um deles, o maior de todos os fiordes da Noruega. Picos de até 1 mil metros de altura estendem-se por mais de 200 km.

Fora a chegada por mar, o Sognefjord pode ser acessado pela charmosa comuna de Balestrand, onde habitam quase 1,5 mil locais. Na cidade, chamam atenção construções de arquitetura viking, como a bela e anglicana Igreja de São Olavo, estrutura completamente erguida em madeira.

De Balestrand, diversas embarcações partem rumo ao Sognefjord durante o dia. Os trajetos a serem percorridos incluem paradas obrigatórias nas comunas de Undredal e de Gudvangen, ambas repletas de cultura viking e escandinava, como o queijo norueguês brunost e as tradicionais cervejas locais.

Os fiordes podem igualmente ser apreciados de cima. Talvez essa seja a melhor maneira de contemplar a imponência da natureza na Escandinávia. Nesse caso, a alternativa mais adequada são as linhas férreas norueguesas, especialmente se o desembarque no país haja sido feito na capital, Oslo.

PASSEIO DE TREM

Por cerca de € 100, o passeio entre Oslo e Bergen, a segunda maior cidade norueguesa, sai até barato. Em 2012, a Lonely Planet, maior editora de guias de viagem do mundo, pertencente à emissora estatal britânica BBC, deu à linha férrea o título de segundo melhor trajeto por trem de toda a Europa.

O caminho pelo planalto Hardangervidda (de 1,2 mil metros de altitude), de onde é possível contemplar vistas incríveis, leva à comuna de Myrdal. Nela, é necessário tomar a linha rumo à estação de Flam, a ponta do fiorde de Aurland. O mirante de Stegastein exige a disponibilidade de uma câmera.

Mais Matérias