Crédito: Pascal Anziani

Carro de compartilhar

Conteudo Isobar

Autolib’ leva aluguel de carros elétricos para além de Paris.

É praticamente impossível ficar meia hora em Paris sem avistar um carro elétrico da Autolib’. Junto com o Arco do Triunfo e a Torre Eiffel, o veículo já se tornou parte da paisagem da Cidade Luz.

Lançado em 2011 em Paris e em 45 cidades dos arredores, a Autolib’ é a primeira iniciativa de car-sharing em uma grande metrópole do planeta. A ideia funciona de forma bastante parecida com o aluguel de bicicletas Vélib, que já era moda na capital francesa. Pode-se aderir ao sistema da Autolib’ com pagamentos anuais, mensais, semanais ou diários, com valores a partir de € 5,5 por meia hora de utilização.

O interessado precisa se cadastrar pela Internet ou por aplicativo para smartphone e finalizar o cadastro em uma estação Autolib’, levando carteira de motorista internacional, documento de identidade e cartão de crédito. A partir daí, o usuário recebe um cartão que permite destravar o carro, que pode ser devolvido em qualquer outra estação da empresa em Paris ou cidade que participe do projeto.

Além da praticidade e do preço convidativo, a Autolib’ possui uma frota composta por cerca de três mil BlueCars. Esses carros elétricos compactos têm quatro lugares e um pequeno porta-malas. Produzidos pela Bolloré, os veículos são desenhados por não menos do que o estúdio Pininfarina, o responsável pelo design incomparável de clássicos da Ferrari. Ou seja, os BlueCars são carros lindos.

O serviço tem feito tanto sucesso, que a iniciativa está expandindo suas operações. Com o nome Bluely, o serviço já está presente também nos arredores de Lyon, com quatro estações para incentivar os lioneses a experimentarem o compartilhamento de carros. A partir de outubro, serão 51 locações, com 130 BlueCars. Além-mar, a Autolib’ está em negociação com a cidade de Indianápolis, nos EUA.

A Autolib’ estuda a possibilidade de vender os BlueCars e suas baterias, que têm durabilidade até três vezes maior do que as normalmente usadas em carros elétricos. A empresa analisa também uma parceria com a Vélib, para integrar carros e bicicletas.

Fácil de usar e prático, o car-sharing é imperdível para quem quer sentir o espírito de Paris ao volante.

Produtos Estilo Para Você

Mais Matérias