(Costes/Divulgação)

Sofisticação húngara

Conteudo Isobar

Restaurante Costes: a melhor cozinha de Budapeste

O restaurante húngaro Costes, como visto hoje, resultou de processo de transformação meticuloso e árduo. Afinal, para se obter uma das mais respeitadas cozinhas da Europa, são necessários os melhores fornecedores do continente. No prato, o sabor é, sem dúvida, magistral.

Entretanto, não bastam produtos de qualidade, ingredientes frescos e receitas bem elaboradas. É fundamental que o atendimento seja impecável e o serviço, consciente. Pois bem: todos os funcionários do Costes foram submetidos a rigoroso treinamento na França, país no qual sofisticação e gastronomia são dois lados de uma mesma moeda.

A ascensão do restaurante tornou-se ainda mais íngreme quando a cozinha foi assumida, em 2008, por Miguel Rocha Vieira, ex-discípulo do premiado chef catalão Ferran Adrià. Dois anos depois, o Costes viria a ser o primeiro estabelecimento da Hungria com uma estrela concedida pelo Guia Michelin – Principais Cidades da Europa.

Budapeste é histórica e elegante, a sexta maior cidade da União Europeia. Às margens do rio Danúbio, a metrópole é considerada uma das mais belas capitais. Para chegar ao Costes, basta ir à Raday, rua repleta de bares, restaurantes, galerias e outros pontos badalados.

O ambiente agradável e descontraído do Costes é a fórmula perfeita para se esquecer o mundo exterior por duas ou três horas e apreciar toques culinários húngaros deliciosos. Às mesas impecavelmente vestidas, a experiente equipe do restaurante apresenta-se sempre com dishes inovadores.

Atualmente, a cozinha do restaurante húngaro é liderada pela chef Eszter Palágyi. As opções de degustação da casa, recomendadas no site do Costes, estão divididas em menus de quatro, cinco, seis e até sete etapas, incluindo sobremesa.

Entre os títulos de maior destaque no menu do Costes, não passam desapercebidos o ravióli com gema de ovo e cogumelos sazonais (€ 18), a truta de salmão com feijão e batatas (€ 32) e a carne de costela escalfada com cebola e polenta (€ 42). Todos os pratos são harmonizados com os melhores vinhos conhecidos, de safras e uvas diversificadas.

COSTES DOWNTOWN

Em junho de 2015, os proprietários da marca inauguraram a filial Costes Downtown, que funciona no luxuoso 4 estrelas Prestige Hotel. Em estilo bistrô, o restaurante-irmão está aberto todos os dias da semana, para café da manhã, almoço e jantar.

Sob a execução diária do chef Tiago Sabarigo, o Costes Downtown é também especialista na cozinha internacional, mas sempre apoderando-se de sutilezas e requintes húngaros. A confecção dos pratos pode ser acompanhada pelos clientes através da janela de vidro em experiência única. Aqui, o ambiente é ideal para o almoço de negócios ou para um amigável encontro.

Mais Matérias