shutterstock_293622683

Reino Doce

Conteudo Isobar

À frente da Sucré Patisserie, a premiada confeiteira Lia Quinderé oferece suas delícias em dois endereços em Fortaleza

Assim como a maioria dos grandes chefs e cozinheiros, a paixão de Lia Quinderé pelo mundo da cozinha começou ainda na infância. Além de aprender sofisticadas receitas francesas com a mãe – que adora receber convidados em casa –, a cearense costumava ir para a cozinha preparar delícias com sua tia-avó, Agnete.

Essa mesma paixão a fez deixar de lado a Faculdade de Direito para ir estudar Gastronomia. O destino? A França, claro. Mais especificamente Paris, na renomada escola Le Cordon Bleu, onde obteve o diploma de Chef Patissiére. Alguns anos depois, especializou-se em Cake Design na Wilton School, em Chicago.

Em 2007, realizou o sonho de abrir sua própria confeitaria, que funcionava dentro de uma loja, em Fortaleza, e assim nascia a Sucré Patisserie. As criações de Lia foram fazendo cada vez mais sucesso e, no ano seguinte, abriu uma loja própria.

Da cozinha da Sucré saem as mais variadas delícias da confeitaria. Os itens com grande destaque são as barras e bombons de chocolate, desenvolvidos especialmente pela marca. Eles são incrementados com ingredientes como praliné, pimenta rosa e flor de sal e vêm em embalagens ideais para presentear.

Entre as tortas, a inspiração francesa continua prevalecendo. Sob encomenda, há opções como o clássico mil folhas, a torta doucer (à base de merengue) e a torta frasier, que leva creme de baunilha e morangos. Para os chocólatras, há versões como a de brownie ou brigadeiro belga.

Em 2013, a Sucré Patisserie ganhou o prêmio Veja Comer & Beber de Melhor Confeitaria, mas serve salgados (croissants, pães de queijo e quiches, por exemplo), com a mesma qualidade dos doces.

Para conhecer o cardápio e saber onde provar as delícias, acesse o site da Sucré Patisserie.

Mais Matérias