capa

Estrada e cevada

Conteudo Isobar

Cervejarias artesanais localizadas nas cidades catarinenses de colonização alemã recebem turistas e fazem degustações de cerveja e chope

A colonização alemã no Estado de Santa Catarina teve grande impacto na cultura da região; assim como a arquitetura, costumes e gastronomia, outra tradição germânica desembarcou em solo catarinense e tomou conta da região: a produção artesanal de cerveja. Joinville, Blumenau, Jaraguá do Sul e Guabiruba fazem parte da Rota da Cerveja e abrigam cervejarias artesanais abertas a passeios e degustações.

A paixão cervejeira é bem representada em Blumenau, palco da maior Oktoberfest das Américas. Por isso, uma das paradas obrigatórias deve ser na cidade conhecida como a terra da cerveja para visitar o Museu da Cerveja, bem como o bar de fábrica da Eisenbahn. A cervejaria, que produz 200 mil litros por mês, recebe grupos de até 20 pessoas e oferece 11 rótulos, entre eles a Lust, uma das poucas no País feitas pelo método champenoise, que se aproxima ao processo de fabricação dos espumantes de vinho. Para agendar, basta entrar em contato pelo telefone: (47) 3488-7307.

Em Jaraguá do Sul, a Cervejaria Karsten é a maior atração para os amantes da cevada líquida. Apesar de não haver um bar de fábrica, é possível agendar visitas com um mestre cervejeiro em grupos de até 20 pessoas. O tour inclui passeio pela fábrica, que produz 2.500 litros por mês, e degustação de frios. Entre as opções de cerveja, a Karsten oferece chopes em barril nas variedades pilsen, red ale, session witbier e a stout Frade Negro – criada em parceria com a banda de heavy metal de mesmo nome. O agendamento pode ser feito pelo telefone: (47) 3058-3338.

Mais ao sul, em Guabiruba, na Encosta da Serra do Mar, o ponto de parada é a Kiezen Ruw, com seus oito diferentes estilos, entre lagers (cervejas de baixa fermentação) e ales (alta fermentação), e produção mensal de 20 mil litros. Para conhecer a cervejaria e degustar os rótulos disponíveis, basta agendar por telefone: (47) 3147-0046.

Às sextas-feiras, a Cervejaria Patrona abre as portas de seu bar de fábrica para degustações do precioso líquido. A Patrona fica na cidade de Caçador, a oeste do estado. Apesar de não estar oficialmente na Rota da Cerveja, vale o passeio: a cervejaria oferece duas opções de chope (lager e dunkel) e quatro rótulos de cerveja (weizen, porter, india pale ale e sticke alt). Para visitar, agende dia e horário pelo telefone: (49) 3561-2229.

Todas essas cervejarias seguem os padrões determinados pela Reinheitsgebot (Lei Alemã da Pureza, de 1516), que limita os ingredientes da cerveja a apenas quatro itens: água, lúpulo, malte (de cevada ou trigo) e fermento.

Para montar seu roteiro, veja essas e outras cervejarias no site da Secretaria de Turismo de Santa Catarina.

Prosit!

Mais Matérias