O Tradition 7087, da Breguet

Precisão irretocável

Conteudo Isobar

Marcas suíças de relógios seguem entre as mais valiosas

Acredita-se que a vocação da Suíça para produzir relógios haja sido despertada no distante século 16, quando a reforma protestante começava a respirar os ares alpinos locais. Àquela altura, a proibição imposta ao uso de jóias obrigou fabricantes a investirem em novo acessório.

Passaram-se os anos e as marcas suíças de relógios de pulso se consolidaram entre as mais valiosas do mundo. Os itens de luxo, construídos à mão e com precisão irretocável, possuem peculiaridades únicas. Consumidores chegam a desembolsar quantias consideráveis na certeza de que o produto é forjado em qualidade.

Entre as mais famosas grifes de relógios da Suíça, destacam-se companhias de peso, como a Rolex, a Swatch, a Patek Philippe, a TAG Heuer, a Breguet e a Hublot. A revista Estilo BB elegeu alguns lançamentos que fazem jus ao apreço suíço pela precisa medição do tempo.

ROLEX

A Rolex mantém sede na cidade de Genebra e seu nome na parte de cima da lista das marcas mais valiosas de relógios de pulso. Ranking da empresa de consultoria BV4 estimou seu valor acima de US$ 5,5 bilhões. Presente em cerca de 100 países, a Rolex representa status social.

Em 2016, o Oyster Perpetual Day-Date, modelo conhecido como o “relógio dos presidentes”, comemora seu 60º aniversário. Ele está disponível apenas em ouro 18 quilates ou em platina. Nos mostradores de cores verde oliva e chocolate, onde fica estampada a identidade da marca, a data e o dia da semana são indicados por extenso.

PATEK PHILIPPE

Fundada em 1893, a Patek Philippe é referência em relógios de luxo. Por opção, a grife escolheu manter baixa sua produção, de modo a garantir exclusividade aos produtos confeccionados por ela. Um de seus mais ilustres e conhecidos clientes foi o físico teórico alemão Albert Einstein, pai da Teoria da Relatividade.

Destaque para 2016 trazido pela Patek Philippe é o modelo masculino Aquanaut. Ele é resistente em grandes profundidades, podendo descer a 120 metros; possui mecanismo de duplo fuso-horário, indicando o tempo em duas localidades; além de avisar se é dia ou noite logo na abertura.

TAG HEUER

A TAG Heuer é líder na fabricação de relógios destinados a desportistas. Não à toa, a marca suíça patrocinou o tricampeão de Fórmula 1 Ayrton Senna. Os preços de seus produtos podem chegar à cifra de € 18 mil.

O destaque TAG Heuer escolhido pela reportagem da Estilo BB foi o modelo Monza, feito de titânio. De inspiração vintage, uma homenagem aos 40 anos do Grande Prêmio de Monza, o relógio, cuja cor dominante é o preto, pode ser adquirido a € 5,2 mil.

BREGUET

Produtos Breguet são fabricados desde 1775. A grife de luxo faz parte, atualmente, do The Swatch Group e organiza sua produção em Valleé de Joux, na Suíça. O fundador, Abraham-Louis Breguet, concluiu o primeiro relógio de pulso em 1810.

Novo modelo da Breguet, o Tradition 7087 é feito de ouro 18 quilates, com revestimento em safira. As horas são mostradas em algarismos romanos. Entretanto, o destaque reside no mostrador, onde é possível ver toda a delicadeza da engenharia do relógio.

Mais Matérias