Aqui - Crônicas Cariocas, de Paulo Mariotti. Crédito: Divulgação / BEĨ Editora

Rio Azul

Conteudo Isobar

Casas, bares e ruas do Rio de Janeiro são retratados por Paulo Mariotti através de caneta esferográfica.

Bastou uma caneta esferográfica azul para que cenas do cotidiano da Cidade Maravilhosa fossem transportadas para folhas de papel Canson pelas mãos do ilustrador Paulo Mariotti. Entre calçadas, casas, esquinas e bares, personagens anônimos passeiam e são eternizados no livro “Aqui – Crônicas cariocas”, do ilustrador Paulo Mariotti.

Morando há mais de 20 anos em Paris, as cenas cariocas que Mariotti retrata foram capturadas durante suas férias e visitas à capital fluminense. Esse Rio é visto sob uma cortina de amor e afeto, e registrado com a informalidade de uma prosaica caneta esferográfica. Um hobby despretensioso que ele manteve ao longo de 10 anos.

Os desenhos foram feitos de forma espontânea: sem planejamento, sem esboço, direto no papel. Talvez por isso as ilustrações sejam tão íntimas e prosaicas. O traço azul, ainda, remete aos azulejos portugueses, tão típicos na época colonial.

Publicado pela BEĨ Editora, o livro reúne 52 desenhos, tem prefácio de Claudia Saldanha, diretora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e texto de apresentação de Claudia Moreira Salles. O lançamento está previsto para dia 28 de novembro no Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro, e em 5 de dezembro, na Livraria da Vila Jardins, em São Paulo.

“Aqui – Crônicas cariocas” é a cara do Rio de Janeiro.

Mais Matérias