shutterstock_137307044

Festa Colorida

Conteudo Isobar

Tradição, cores e celebração se misturam em festival indiano que já ganhou o mundo todo.

As imagens coloridas e alegres chegam a dar a impressão de um evento moderno ou até vanguardista, mas a história do Festival Holi começa na Índia antiga. Como o país é famoso por suas tradições, cultura e mitologia, a origem da celebração é contada de várias maneiras.

Alguns acreditam que Holi surgiu como uma forma de celebrar a chegada da primavera, usando flores e tintas coloridas. Na primeira lua cheia de março, famílias inteiras saem às ruas para festejar, ouvir músicas tradicionais e espalhar o colorido por onde passam.

Existe também uma lenda afirmando que se trata de um evento para comemorar a vitória do bem sobre o mal. Apesar de todas as crenças e teorias religiosas, na prática é uma festa como outra qualquer – ou quase.

As crenças populares não tiram os destaques da festa, que são a alegria e a sensação de liberdade presente nas pessoas. Mesmo com toda a desigualdade do país e do sistema de castas, neste dia todos se tornam iguais – talvez isso dê ao evento uma dose extra de comemoração, com paz e harmonia.

O grande dia

Também chamado de Dhuleti, o dia do Holi é precedido por muita preparação: das flores que decoram as ruas à comida. Com a tradição do país, o cardápio é parte importante da festa e inclui gujiya (pastel recheado), mathri (biscoito com sementes de cominho) e malpuas (panquecas doces). Para beber, chás típicos e thandai, uma preparação gelada à base de ervas (inclusive a cannabis).

Ali, pessoas extasiadas e felizes espirram água colorida umas nas outras, com ajuda de baldes e do pichkari – pistolas de água especiais para o evento, um sucesso entre as crianças. Além disso, a tradicional dança indiana é embalada por sucessos de Bollywood.

Holi ganha o mundo

O espírito livre e festivo da primavera indiana começou a se espalhar pelo mundo e, em 2012, a primeira edição do Festival Holi fora da Índia aconteceu em Berlim e contou com a participação de 3.500 pessoas. Atualmente, Holi Festival das Cores, Holi One e Happy Holi são apenas alguns dos festivais “herdeiros” do original, e acontecem em países como Argentina, Chile, Alemanha, França, Itália, México, Estados Unidos e dezenas de outros.

Geralmente os eventos são realizados em parques públicos – a edição de São Paulo aconteceu no Ibirapuera, em outubro –, e a programação também inclui músicas indianas, prática de ioga e a “guerra” das cores entre os participantes.

Os indianos acreditam que cada cor tem um significado, mas, acima de tudo, que elas são uma forma de expressar amor e alegria.

Mais Matérias