capa_Claudia-Andujar_21222_300dpis_48cm_RGB_77

Debate moderno

Conteudo Isobar

Sucesso de público e crítica em Nova Iorque, a exibição Expo 1 chega ao Rio de Janeiro em parceria com o MoMA.

Entre os meses de maio e setembro de 2013, o Museum of Modern Art (MoMA) recebeu a mostra Expo 1: New York, que reuniu cerca de 60 obras para discutir as mudanças climáticas sob o viés artístico. Enquanto em Nova Iorque tudo era ecologia e os americanos estavam mais preocupados com os efeitos do furacão Sandy, em solo carioca, a Expo 1: Rio apresenta, desde 18 de dezembro de 2013, o mesmo debate. O olhar, porém, é mais urbano, movido pelas mudanças trazidas pelos megaeventos e últimos acontecimentos políticos do país, como a onda de manifestações vivenciadas no ano passado.

Sob curadoria de Luiz Camillo Osório (MAM) e Klaus Biesenbach (diretor do MoMA PS1, divisão do museu voltado à arte contemporânea), a exposição reúne obras entre fotografias, vídeos, instalações e desenhos e ganhou a inclusão de artistas brasileiros. Cao Guimarães, Rivane Neuenschwander, Jonathas de Andrade, Jarbas Lopes, Thiago Rocha Pitta, Claudia Andujar e Cinthia Marcelle (única brasileira a integrar a exposição americana) tiveram seus trabalhos selecionados para compor a exibição, que acontece no Museu de Arte Moderna do Rio.

Em cartaz até dia 23 de fevereiro, temas como o Carnaval não poderiam ficar de fora da discussão – isso fica retratado no vídeo “Quarta-feira de cinzas” (2006), de Rivane, no qual formigas carregam confetes dessa festa popular brasileira. Após o período de exibição no Rio de Janeiro, a mostra segue também para Pequim e Berlim.

Mais Matérias